Doria promete vacinar todos os adultos de SP até 15/9

.

Foto: Folhapress / Adeleke Anthony Fote/TheNews2
Credit...Foto: Folhapress / Adeleke Anthony Fote/TheNews2

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesse domingo (13) uma nova antecipação do calendário de vacinação contra a covid-19. Desta vez, a expectativa é imunizar toda a população adulta do estado até 15 de setembro.

Segundo Doria, a vacinação com pelo menos a primeira dose contra o novo coronavírus Sars-CoV-2 será antecipada em 30 dias em relação ao último calendário anunciado na última quarta-feira (9).

"A vacina vai vencer o vírus. A saúde vai vencer o negacionismo", disse o governador em pronunciamento no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo, ressaltando que "está ao lado da ciência, da saúde e da vida".

"Tenho esperança de que nesse Natal as família estarão reunidas, os amigos poderão se abraçar, as pessoas poderão voltar a viver com cautela. A história começa a mudar e a esperança começa a chegar definitivamente no Brasil", acrescentou.

Doria lembrou das quase 500 mil mortes provocadas pela Covid-19 e reconheceu os profissionais de saúde, todos os trabalhadores que estão na linha de frente no combate à emergência sanitária e os jornalistas, que "salvam vidas" ao lutar contra as "fake news".

Essa é a segunda antecipação no calendário em menos de uma semana. Com as mudanças nas datas, 7,45 milhões de pessoas com idades entre 40 e 59 anos, que antes seriam imunizadas em julho, agora serão vacinadas em junho.

O cumprimento das novas datas, porém, é baseado nas perspectivas de entregas de imunizantes do Ministério da Saúde. Desta forma, o governo federal precisa entregar ao estado os lotes dos imunizantes dentro dos prazos programados, o que também depende da chegada de insumos da China para a fabricação das doses no Brasil.

Por fim, Doria utilizou uma frase dita pelo papa Francisco, durante cerimônia no Vaticano, para expressar a esperança de imunizar a população. "Fraternidade e esperança são remédios que o mundo precisa tanto quanto as vacinas", disse. "Preparem o braço, em São Paulo, nós vamos vacinar. Aqui não é a terra da cloroquina, aqui é a terra da vacina".(com agência Ansa)

Confira as datas:

50 a 59 anos: de 16 a 22 de junho (3 milhões de pessoas)

43 a 49 anos: de 23 a 29 de junho (3 milhões de pessoas)

40 a 42 anos: de 30 de junho a 14 de julho (1,45 milhão de pessoas)

35 a 39 anos – de 15 a 29 de julho

30 a 34 – de 30 de julho a 15 de agosto

25 a 29 – de 16 a 31 de agosto

18 a 24 – de 1º a 15 de setembro