O Sagrado Coração do Cristo Redentor

.

Em outubro o Cristo Redentor completa 90 anos. O mundo inteiro reconhece a imagem no alto do Corcovado, com os braços abertos, como que abraçando o Rio de Janeiro. Mas nem todos se detêm no ponto central, o coração que sobressai no peito do Cristo.

É a partir daí que a belíssima escultura expressa o vigor da sua mensagem. Do coração que simboliza o palpitar da vida, brota o grande gesto de amor que Deus Pai entrega à humanidade em seu Filho, nosso Senhor.

A construção do monumento ao Cristo Redentor aconteceu entre 1926 e 1931. Em 1928, o Papa Pio XI publicou a encíclica “Miserentissimus Redemptor”, sobre a reparação que a humanidade deve prestar ao Sagrado Coração de Jesus. Atento ao vínculo de unidade com a Igreja universal, o Cardeal Sebastião Leme determinou que fosse esculpido um coração no peito da imagem do Cristo Redentor, fazendo do monumento uma imagem estilizada do Sagrado Coração de Jesus.

É tradição as famílias católicas terem na sala de entrada de suas casas, uma imagem ou um quadro do Sagrado Coração de Jesus. Assim sendo, não basta que a devoção se realize no quarto dos pais ou no cômodo dos filhos: a recomendação é de que a imagem seja exposta no lugar mais frequentado da casa, para que possa ser venerada por todos.

Então, pela providência divina, a imagem do Sagrado Coração de Jesus foi entronizada na sala de entrada do Brasil, para que todo o país pudesse conhecer e praticar a devoção ao amor de Deus. Assim, no dia 12 de outubro de 1931, na inauguração do monumento, Dom Sebastião Leme realizou o Ato de Consagração do Brasil ao Sagrado Coração de Jesus, dizendo: “Cristo vence, Cristo reina, Cristo impera. Cristo proteja o Brasil contra todos os males”.

A devoção ao Coração de Jesus, como é conhecida hoje, é expressão de Santa Margarida Maria de Alacoque, uma monja do Mosteiro da Visitação, na França. Jesus apareceu a ela três vezes. Com a ajuda de seu diretor espiritual, a monja discerniu as aparições e mensagens e se encarregou de divulgar os desejos do coração de Jesus.

A Solenidade do Sagrado Coração de Jesus é uma data móvel. Neste ano, celebrada hoje, 11 de junho. O Papa Francisco nos pediu para nesta data repetir uma simples oração: “Jesus, faz com que o meu coração se assemelhe ao teu”. Assim, também o nosso coração, pouco a pouco, se tornará mais paciente, mais generoso e mais misericordioso.

Levemos a sério a devoção ao Sagrado Coração. Que sua imagem, tendo um lugar especial em nossa casa, bem como a do Cristo Redentor, nos ajude a ter sempre viva em nosso coração, em nossa vida, em nossos pensamentos, a pessoa dEle. Assim, viveremos iluminados por sua luz. Jesus, manso e humilde de coração, fazei nosso coração semelhante ao Vosso!

*Pároco da Igreja de São José, da Lagoa, e Reitor do Santuário do Cristo Redentor, no Corcovado.