Brasil passa das 603 mil mortes por covid; pandemia desacelera

Foram 483 óbitos em 24h; dados do boletim não incluem os números do Mato Grosso

Foto: Epa
Credit...Foto: Epa

O Brasil registrou 483 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando a 603.152 vítimas da pandemia, informou o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) nesse sábado (16) à noite. Foram ainda 11.250 novos casos, totalizando 21.638.726 contágios.

Os dados do boletim não incluem os números do Mato Grosso, que não transmitiu informações por motivos técnicos.

Enquanto a média móvel de mortes dos últimos sete dias teve uma nova alta - eram 321 na sexta-feira (15) e são 332 neste sábado -, a de contágios manteve a tendência de queda - chegou a 10.221.

Apesar dos números ainda serem altos, a semana epidemiológica entre 10 e 16 de outubro manteve o ritmo de queda nos dois rankings: foram 2.323 mortes no período, redução pela quinta semana consecutiva, e 71.545 contaminações na semana, queda pela quarta semana.

São Paulo continua sendo o estado com a maior quantidade de casos e de mortes: 4.389.479 e 151.107, respectivamente. Já na quantidade de vítimas, a segunda posição é do Rio de Janeiro (67.575), Minas Gerais (55.180) e Paraná (39.793).

Nos contágios, a segunda posição é de Minas Gerais (2.166.108), seguido por Paraná (1.534.935), Paraná (1.534.935) e Rio Grande do Sul (1.452.630).

Segundo a última atualização do Ministério da Saúde, ocorrida no meio da tarde, mais de 150,3 milhões de brasileiros já receberam ao menos uma dose das vacinas e 101,3 milhões completaram o ciclo de imunização.(com agência Ansa)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais