Desabamento de viaduto do metrô no México deixa ao menos 23 mortos e 65 feridos

.

Reuters / Carlos Jasso
Credit...Reuters / Carlos Jasso

Um viaduto do metrô desabou na Cidade do México, capital do país, nesta terça-feira (4), deixando ao menos 23 mortos e 65 feridos, segundo as autoridades locais.

Segundo informações preliminares, médicos e serviços de emergência já foram enviados ao local do acidente, enquanto a chefe do governo da Cidade do México, Claudia Sheinbaum, está no local.

[Foi assim que o viaduto caiu na estação Olivos na linha 12 do metrô, localizada na avenida Tláhuac. Em um vídeo você pode ver como a estrutura colapsa após o acidente.]

Segundo relatos há feridos. Os hospitais da região estão abertos para atender as pessoas feridas, informou Alfonso Suárez del Real, secretário do Governo da Cidade do México.

As autoridades afirmaram que 32 ambulâncias foram enviadas ao local, sendo 22 delas das equipes de resgate e dez da Cruz Vermelha.

O secretário adicionou que, com exceção da linha 12, o metrô da cidade segue funcionando normalmente.

Após o acidente, a estação Olivos da Linha 12 do Metrô da Cidade do México, os trabalhos de resgate foram iniciados para socorrer os feridos. Estão sendo realizados trabalhos de resgate e cuidados médicos.

Claudia Sheinbaum, governadora da Cidade do México já está no local para acompanhar os trabalhos.

De acordo com informações oficiais, ao menos 23 pessoas morreram e outras 65 ficaram feridas em decorrência do acidente. Além disso, outras sete pessoas seguem em estado crítico de saúde.

O incidente aconteceu por volta das 23h00 locais, quando uma das chamadas "baleias" (pilares), que sustém o viaduto do metrô, desabou no momento em que o trem estava circulando por esta seção, causando a queda de dois vagões na avenida Tláhuac. (com agência Sputnik Brasil)