Diversidade do mercado de Forex é grande, mas moedas como Dólar e Euro continuam sendo algumas das mais atrativas aos investidores

.

Pixabay
Credit...Pixabay

A ideia de que o trabalho do investidor era totalmente tradicional e até um pouco aborrecido já se tornou obsoleta. Hoje, é possível negociar a qualquer hora e a partir de qualquer lugar, aproveitando oportunidades às quais anteriormente não se tinha acesso. Cada vez mais atraente para novos investidores, o espaço financeiro reinventou-se no universo online e um dos seus principais atrativos atualmente é a negociação de moedas estrangeiras, algo que veio influenciar a própria valorização monetária.

O conceito de investimento como um todo já faz parte do cotidiano brasileiro tanto para pessoas físicas quanto para empresas, além do setor público. O estado do Rio de Janeiro é um desses investidores, com aplicações, por exemplo, tanto no setor dos transportes, como demonstram os R$ 133 milhões destinados ao BRT, quanto no da siderurgia, visto que Santa Cruz receberá cerca de R$ 500 milhões até 2030.

As pessoas físicas, por sua vez, não tinham até pouco tempo acesso à possibilidade de realizar determinados investimentos. No entanto, com a intensificação do mundo on-line, a situação foi modificada, e hoje podem ser encontrados espaços virtuais nos quais diversos tipos de investimentos podem ser feitos, sendo o Forex um deles.

Para se ter uma ideia da diversidade desse mercado, a plataforma para negociação Forex da Infinox, por exemplo, conta com 49 pares de moedas, incluindo EUR/USD e USD/CAD. Atrativos pela sua liquidez, estes espaços financeiros também se destacam por funcionar 24 horas por dia, com exceção dos finais de semana.

Quais são as moedas mais negociadas?
Dos diversos pares de moedas negociados mundo afora, parece existir um padrão no que diz respeito aos mais populares entre os investidores, algo que não ocorre ao acaso. De fato, a primeira posição é ocupada pelo Dólar (USD), que representa 87% das transações de negociação, já que é considerado um fundo monetário de reserva. O Euro, no entanto, também vem ganhando força ao movimentar diariamente cerca de 663 milhões de Euros.

O Iene (JPY) e o Dólar Australiano (AUS), valorizados pela sua estabilidade e força no mercado, são outras das moedas que vêm se demonstrando algumas das favoritas dos investidores. Entretanto, diante da quantidade de moedas existentes, pode-se fazer combinações diversas, o que resulta em uma grande gama de possibilidades em termos de pares.

Macaque in the trees
... (Foto: Pixabay)

Por que o Real não é tão popular entre os investidores?
Além de o Real ser uma das moedas mais baratas do mundo, de acordo com dados divulgados pelo Bank of America, a sua desvalorização nos últimos anos tem sido significativa, tal como aconteceu com o Dólar de Singapura, cuja desvalorização monetária chegou a ser considerada a maior de 2020. Nesse sentido, vários traders não olham para a moeda nacional na hora de escolher os seus pares.

Porém, o Real continua a ter potencial de investimento se analisada a conjuntura internacional. A longo prazo, estima-se que exista um crescimento do fluxo de dinheiro ao país, o que contribui para a sua atratividade e, consequentemente, para a valorização da moeda. No entanto, se consideradas as dimensões geográficas do país, vê-se que ainda há espaço para melhorias nesse sentido, uma vez que países com territórios bem menores do que o do Brasil conseguem ter um sistema monetário mais sólido e uma moeda mais forte.

Exemplo disso é o Franco Suíço (CHF), que, graças à forte economia e baixa taxa de inflação do país, chamou a atenção dos investidores pela sua segurança e estabilidade. Além disso, a constante valorização desta moeda é inegável, fruto de fatores como a confiabilidade e qualidade do sistema bancário da Suíça.

Reflexo direto do contexto social e econômico global, o posicionamento monetário é um dos fatores-chave no momento de escolher o par de moedas a negociar. Nesse sentido, entrar neste mercado requer certo conhecimento financeiro que seja capaz de ditar o sucesso das operações.

 



...
...