Brasileiros sacaram US$ 1 bilhão de contas poupanças em fevereiro

.

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil
Credit...Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

As contas poupanças brasileiras encolheram 5,83 bilhões de reais em fevereiro, mostraram dados nessa quinta-feira (4), segundo mês de saques após o fim do Auxílio Emergencial.

A sequência de um saque líquido recorde de 18,2 bilhões de reais em janeiro, e é a primeira vez em pouco mais de um ano que os depósitos em conta poupança caíram dois meses seguidos, mostraram dados do Banco Central.

O brasileiro depositou um recorde de 166,3 bilhões de reais em contas poupanças no ano passado. A pandemia covid-19 inicialmente martelava os gastos, então alguns consumidores desviaram parte do Auxílio Emergencial do governo no segundo semestre do ano.

Mas esse apoio a até 30 milhões às famílias expirou em 31 de dezembro, e os dados de janeiro e fevereiro mostram que os consumidores estão raspando as economias acumuladas no ano passado.

Com uma segunda onda mortal da pandemia que varre o país, o Senado federal aprovou nessa quinta-feira (4) um projeto de lei que abre caminho para uma prorrogação do Auxílio Emergencial no total de até 44 bilhões de reais nos próximos meses. O projeto aguarda aprovação final na Câmara dos Deputados.(com agência Reuters)