Por trás das câmeras em duas boas séries

...

Foto: JB
Credit...Foto: JB

Ver o por trás das câmeras, dependendo do assunto, pode ser algo muito divertido e interessante. E no momento, duas séries disponíveis no streaming nos dão esse vislumbre de formas bem distintas: ‘Irma Vep’ (HBO Max, 8 episódios) e ‘The Offer’ (Paramount+, 8 episódios). Ambas já completadas.

A primeira nos leva aos bastidores, fictícios, de uma minissérie para TV (‘Irma Vep’) baseada num seriado dos tempos do cinema mudo (‘Les Vampires’). No caso, o diretor René Vidal (Vincent Macaigne) está refazendo, um tanto relutante, sob forma de série, o filme que lhe deu fama. Este é a refilmagem de clássico do cinema mudo francês (o que é verdade, bem como os atores dele). Então vemos a vida ‘real’ (o diretor e equipe), a fantasia (as cenas da série) e a ficção (o filme original), o que, às vezes, confunde. Para ‘complicar’, a série é uma versão estendida de filme do diretor francês Olivier Assayas, que também se chama ‘Irma Vep’ (1996), e Assayas dirige a série do HBO, criando uma metaversão disso tudo.

 

Macaque in the trees
'Irma Vep' nos leva para um filme dentro de um filme que veio de um filme de Olivier Assayas, agora sob a forma de uma minissérie com metalinguagem (Foto: divulgação)

 

Estrelado pela sueca Alicia Vikander, ela faz Mira (o nome, em si, é um anagrama de Irma), atriz americana acostumada com blockbusters, que foi fazer a pequena produção europeia para esquecer de seus problemas amorosos. No papel da sexy vilã, Rainha dos Vampiros, Irma Vep (anagrama para ‘vampire’, vampira), ela se transforma totalmente. No geral, a série atual lembra o clássico ‘A noite americana’ (‘La nuit américaine’/’Day for night’, 1973), de François Truffaut. O diretor, René, é um bocado Truffaut (no filme de 1996, foi feito pelo ator-assinatura deste, Jean-Pierre Léaud). Certas cenas remetem diretamente ao filme do diretor francês. E para completar as citações cinéfilas, um dos atores da série, o alemão Gottfried (Lars Erdinger, ótimo), se parece um bocado com o diretor alemão Rainer Werner Fassbinder, inclusive no vestir.

Embora a série nem sempre alce voos mais altos (Vikander nunca nos convence como a sexy protagonista), fãs de cinema vão gostar de ver esse outro lado, os problemas de ego dos artistas. E, sobretudo, as questões atuais para se produzir algo para TV e cinema, que envolve muito dinheiro, investidores e possíveis sequências para render. É uma boa ‘análise’.

 

Macaque in the trees
''The Offer' é inspirado em livro do produtor de 'O Poderoso Chefão', e nos conta histórias reais do filme, que parecem inventadas, de tão incríveis (Foto: divulgação)

 

Já ‘The Offer’ parte de livro escrito por Albert S. Ruddy (feito por Miles Teller), produtor de ‘O Poderoso Chefão’ (‘The Godfather’, 1972), e mostra a pauleira que foi vender, produzir e lançar o grande clássico dos filmes de máfia (que inspirou de ‘Os bons companheiros’, do Scorsese, à série de TV ‘Os Sopranos’, da HBO). Se a gente não soubesse que, no fim, tudo deu certo e o filme foi superpremiado, não acreditaríamos como eles conseguiram. Afinal, na época, Francis Ford Coppola (diretor) era um nome vindo do cinema B e sem cacife; Al Pacino (Michael Corleone) era um ator ainda desconhecido; e Marlon Brando (Don Vito Corleone) já era uma figura polêmica e complicada, com o qual ninguém queria trabalhar. Some-se a isso, as ameaças que sofreram da máfia americana (que achava que o filme ia sujar o nome dos italianos, por isso, a palavra ‘máfia’ nunca é dita no filme). Até mesmo Frank Sinatra, que achou que um cantor, no best-seller de Mario Puzo (que inspirou o filme), era baseado nele (e era), também o boicotou.

Para completar, o então chefe de estúdio da Paramount, Robert Evans (feito brilhantemente pelo inglês Matthew Goode), vivia brigando com os controladores do estúdio, na época, a Gulf + Western, que não entendia nada de cinema, só de petróleo, e a toda hora ameaçava acabar com o filme. Depois de tanto estresse (que envolveu até assassinatos!), o filme fez história, e ainda houve uma continuação imediata, tão premiada e cultuada quanto o original. E a Paramount voltou ao topo da lista dos grandes de Hollywood. ‘The Offer’ é uma produção de primeira classe e merece todos os prêmios a que for indicada. A gente não sabia da missa nem a metade, como se diz...

 

STREAMINGS+

* Para os fãs das novelas mexicanas: sucessos da Televisa começam a chegar ao catálogo do serviço de streaming gratuito Vix, que agora faz parte do grupo TelevisaUnivision. Nessa primeira leva há ‘Teresa’, ‘Coração Indomável’ e ‘Triunfo do Amor’. Os episódios serão lançados semanalmente. Cada novela tem 26 capítulos.

* A Starzplay anunciou o início da produção de sua primeira série original em alemão ‘Night in Paradise’, em Berlim. A série de seis partes, baseada na graphic novel de Frank Schmolke, será filmada entre julho e outubro deste ano em Berlim e Bruxelas (Bélgica), e estará disponível em toda a Europa e América Latina em 2023.

* O Star+ anuncia a data de estreia de “Mike: Além de Tyson”, uma biografia não autorizada, e sem restrições, da vida de Mike Tyson. Composta por 8 episódios, a nova minissérie original estreará exclusivamente na plataforma de streaming na América Latina com seus dois primeiros episódios na quinta-feira 25 de agosto. Após a estreia, novos episódios serão lançados semanalmente.

* Apple TV+ anunciou “Causeway”, filme inédito estrelado e produzido por Jennifer Lawrence. É um retrato íntimo de uma militar lutando para ajustar sua vida após voltar para casa em Nova Orleans. O longa-metragem terá sua estreia no Apple TV+ ainda este ano.

* Distribuidora global e serviço de streaming com curadoria, a MUBI anunciou a data de lançamento de ‘Babysitter’, adaptação de Monia Chokri para a peça homônima de Catharine Léger. O filme chega com exclusividade à plataforma no dia 19 de agosto.

* A The Walt Disney Company Asia Pacific e a HYBE anunciaram um acordo de colaboração para distribuição mundial. Sob este acordo, ambas as empresas trabalharão juntas para lançar conteúdo de música e entretenimento sul-coreana para o mundo.

* O longa animado ‘Lightyear’ chegará ao Disney+ no dia 3 de agosto.

#disney+ #MUBI #appletv+ #star+ #paramount+ #starzplay #hbomax

 

Redes sociais: @tomleao



Tom Leão
'Irma Vep' nos leva para um filme dentro de um filme que veio de um filme de Olivier Assayas, agora sob a forma de uma minissérie com metalinguagem
''The Offer' é inspirado em livro do produtor de 'O Poderoso Chefão', e nos conta histórias reais do filme, que parecem inventadas, de tão incríveis


Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais