TCM não é tudo igual: veja quais são os melhores

...

...
Credit......

Os triglicerídeos de cadeia média (TCM) são uma das fontes de energia mais rápidas disponíveis, cuja composição química é balanceada de uma forma que os torna mais fáceis de serem absorvidos e decompostos.

É incolor, inodoro e permanece líquido à temperatura ambiente, o que facilita o uso. Na natureza, estão presentes no óleo de coco, óleo de palma, manteiga, leite, iogurte e queijo, apesar desses alimentos não fornecerem a forma mais eficaz de TCM.

O TCM a que me refiro é mais concentrado, poderoso, na forma de superalimento que pode ajudá-lo em vários aspectos, como aumento de energia, controle de peso e melhora da sua saúde cerebral.

 

Há 4 formas de TCM:

• ácido caproico (C6)
• ácido caprílico (C8)
• ácido cáprico (C10)
• ácido láurico (C12)

A diferença entre eles é a potência e como agem no seu corpo. Os 3 primeiros, seu fígado absorve facilmente e os usa como energia. O ácido láurico já apresenta uma absorção lenta, especialmente a nível intestinal.

A melhor opção de TCM é na forma de ácido caprílico (C8), sendo a mais cetogênica, e na sequência com menos potência temos o ácido cáprico (C10). Na verdade, o C8 isolado chega a ser 3 vezes mais eficiente em gerar cetose do que o C10. Quando comparado com o óleo de coco, o C8 apresenta eficiência 5 vezes maior em gerar cetose.

 

TCM ou óleo de coco?

Muitas pessoas confundem os dois produtos, pois acham que são iguais.

A principal fonte de TCM na natureza é de fato o óleo de coco, pois ele contém ácido láurico em aproximadamente 50% da sua composição.

Já o concentrado de TCM é um produto mais eficiente, pois contém os 4 tipos de triglicérides de cadeia média.

 

13 Ações do óleo TCM

1 - Aumenta a energia e a resistência

2 - Melhora rendimento nos exercícios

3 - Melhor indutor de cetose

4 - Melhora o aprendizado, a cognição e aumenta a memória

5 - Aumenta os hormônios que reduzem o apetite e estimulam a sensação de saciedade

6 - Aumenta a queima de gordura

7 - Melhora resistência à insulina e obesidade

8 - Reduz o colesterol

9 - Reduz risco cardiovascular

10 - Previne síndrome metabólica

11 - Melhora a ecologia intestinal

12 - Bactericida e viricida

13 - Aumenta defesa imunológica

Espero que com essas informações você saiba como escolher melhor o seu TCM.

Supersaúde!

_______


Referências bibliográficas:
• The Journal of Nutrition, 2002 March, Volume 132, 329–332
• Ann N Y Acad Sci. 2016 March;1367(1):12-20
• Diabetes. 2009 May; 58(5): 1237–1244
• Obesity Research. 2003 March. Volume11
• Eur J Clin Nutr. 2014 October; 68(10): 1134–1140
• J Nutr Sci Vitaminol (Tokyo). 2009 April; 55(2):120-5
• Metabolism. 2007 July; 56(7):985-91
• Pharmacological Research. 2010 March; Volume 61, 208-212
• J Med Food. 2013 December;16(12):1079-85
• Am J Clin Nutr. 1983 Jan;37(1):1-4.
• Am J Clin Nutr. 1986 Nov;44(5):630-4.
• Lipids. 1987 Jun;22(6):429-34.
• Am J Clin Nutr. 1991 May;53(5):1130-3
• Am J Clin Nutr. 1999 May;69(5):883-9
• TCM: Controle de Peso com Gorduras – www.DrRondo.com
• 5 Óleos para Cozinhar e Usar sem Medo – www.DrRondo.com

 

Dr. Wilson Rondó Jr.
CRM RJ 52-0110159-5
Cirurgião Vascular de formação e Nutrólogo
Registro nº 058357

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais