Tributo aos anos 80 e às culturas nerd, pós-punk, gótica e pop

.

Divulgação
Credit...Divulgação

Seguindo a tendência dos eventos on-line em função da pandemia de covid-19, Luiz Fernando Braga, professor de Literatura e Língua Portuguesa da Universidade Federal Fluminense, lançou no final de fevereiro seu quarto romance, "Freaky Prince", uma obra geek psicografada. O livro conta a história dos últimos anos de vida de Iscandar, um adolescente nerd paranormal obcecado por animes antigos, pelo estilo psicodélico de Jim Morrison e pela androginia de David Bowie. Iscandar é capaz de produzir bolhas mentais com universos próprios, que interferem na matéria e no pensamento das pessoas.

Macaque in the trees
Luiz Fernando Braga, o autor, é professor de Literatura e Língua Portuguesa da UFF (Foto: Divulgação)

Ao utilizar suas habilidades para ajudar na ressocialização de Yamato, um interno da Febem de quem se torna amigo, atrai para si e para os que ama espíritos vingativos de uma família chacinada.

Com "Freaky Prince", Luiz Fernando Braga apresenta um tributo aos anos 80 e às culturas nerd, pós-punk, gótica e pop, conduzindo o leitor a um universo ao mesmo tempo cômico, macabro, dramático... e inesperado!

Publicada pela Giostri Editora, a obra também traz uma série de reflexões sobre o Brasil pós-ditadura e o cenário distópico atual. Disponível na loja virtual da Giostri Editora. 



Freaky Prince, uma obra geek psicografada
Luiz Fernando Braga, o autor, é professor de Literatura e Língua Portuguesa da UFF